Jornalismo

Ministério Público pede novo exame de confronto balístico no caso João Pedro

Motivo para o pedido é porque o laudo da Secretaria de Estado de Polícia Civil foi inconclusivo

Por Marcos Antonio de Jesus

(Divulgação: Redes Sociais)

O Ministério Público do Rio está pedindo à Polícia Federal um novo exame de confronto balístico no caso do menino João Pedro Mattos, de 14 anos, que morreu no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana. O objetivo é tentar identificar de qual arma partiu o disparo que matou o jovem, em maio.

O motivo para o pedido, inicialmente feito pela Defensoria Pública, é porque o laudo da Secretaria de Estado de Polícia Civil, de junho, foi inconclusivo. João Pedro foi morto durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Federal no Complexo do Salgueiro. O menino brincava em casa quando foi atingido por um disparo de fuzil.

O imóvel ficou com dezenas de marcas de tiros. A reconstituição do crime ainda não foi feita, segundo a Polícia Civil, já que no início do mês, o Supremo Tribunal Federal decidiu manter a decisão do ministro Edson Fachin que restringe a realização de operações policiais em comunidades do Rio durante a pandemia.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »