Coronavírus

Primeira morte no mundo por reinfecção de covid-19 é registrada na Holanda

Paciente tinha 89 anos e sofria um tipo raro de câncer que comprometia a imunidade

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Uma holandesa de 89 anos é o primeiro caso registrado no mundo de uma pessoa que morreu após ser reinfectada pelo novo coronavírus. O caso foi reportado por pesquisadores na Oxford University Press.

A paciente sofria de macroglobulinemia de Waldenstrom, uma  tipo raro de câncer de medula óssea, que compromete o sistema imunológico. Segundo os pesquisadores, a senhora deu entrada pela primeira vez no serviço de emergência com sintomas de febre e tosse severa. Foi feito teste do tipo RT-PCR para a covid-19, que deu positivo. Após cinco dias, os sintomas regrediram e ela teve alta.

Dois meses depois de superar  o coronavírus, a paciente começou novas sessões de quimioterapia, mas voltou a ter febre, tosse e a sofrer com falta de ar, e teve que ser hospitalizada novamente. A partir do oitavo dia de internação, a paciente teve uma piora no estado de saúde e morreu após duas semanas. Ela era um dos cinco casos conhecidos de reinfecção pelo coronavírus no mundo.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »