Mundo

Em Luxemburgo, brasileira de 52 anos é morta a facadas

O suspeito, ex-companheiro da vítima, foi preso

Por Redação Tupi

No último domingo, uma brasileira de 52 anos foi morta à facadas na casa onde morava, em Luxemburgo. Segundo as autoridades locais, o suspeito do crime é um cidadão português, ex-companheiro da vítima. Dione Streckert, natural de Xaxim, em Santa Catarina, foi encontrada por vizinhos, que acionaram a polícia e pediram atendimento médico. Mas ela não resistiu aos ferimentos.

Ainda de acordo com jornais do país, Streckert trabalhava como faxineira e tinha três filhas e um filho. A mais jovem, de 10 anos, é autista e teria sido levada para um abrigo após o crime.

O Ministério Público de Luxemburgo, país de 600 mil habitantes situado entre França, Alemanha e Bélgica, investiga a morte da brasileira.

Comentários
enquete

Você vai assistir ao jogo entre Flamengo x Grêmio para torcer ou secar o rubro-negro?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »