Basquete

NBA: Lillard tem atuação histórica e Blazers vence Warriors na prorrogação por 129 a 123

Armador bateu o recorde de pontos em um jogo da história da franquia

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Instagram)

O Blazers recebeu o Warriors em Portland, com a obrigação de vencer para se reaproximar da zona de classificação para os Playoffs. Entretanto, apesar do Golden State ser o time de pior campanha da conferência Oeste, a partida foi emocionante e equilibrada.

Portland venceu o primeiro quarto por 4 pontos, mas foi para o intervalo com a desvantagem de 4. O Warriors chegou a abrir 12 pontos de frente, mas foi para o último período com vantagem de 5 pontos.

Os últimos 12 minutos do tempo regulamentar foram emocionantes. Com os dois times se alternando na liderança, a partida chegou no minuto final com o Blazers na frente por 1 ponto. Mas, após cesta de Eric Paschall e dois lances livres convertidos por Alec Burks, o Warriors passou a frente por 3 pontos, restando 25 segundos.

Lillard, que estava numa atuação inspirada, pegou a bola e, com 15 segundos no relógio, converteu a bola de 3, empatando a partida. O Golden State ainda teve a chance da vitória, mas D’Angelo Russell e Burks erraram. Jogo foi para a prorrogação.

No tempo extra, partida permaneceu equilibrada. O Warriors foi para o último minuto vencendo por 121 a 118. Então, Lillard fez outra bola de 3, empatando o jogo, e, após toco de Whitesside em Paschall, Gary Trent Jr deixou o Blazers na frente por 2 pontos, restando 34 segundos.

Golden State não desistia e, 2 segundos depois, passou a frente, com bola de 3 de Burks. Lillard sofreu falta e converteu 2 lances livres, assim como Whitesside, após erro do Warriors. O Blazers ficou 3 pontos na frente.

O Warriors teve a bola do empate nas mãos, mas, faltando 6 segundos, Jordan Poole errou. Lillard pegou o rebote, sofreu a falta, acertou os dois lances livres e decretou a vitória de Portland por 129 a 124.

Damian Lillard foi o nome do jogo. Além das bolas decisivas, o armador fez a maior pontuação em um jogo da história do Blazers e, consequentemente, recorde pessoal do atleta. Ele terminou com, incríveis, 61 pontos, sendo 11 bolas de 3, além de 10 rebotes e 7 assistências.

Hassan Whitesside também foi muito bem. O pivô fez 17 pontos, pegou 21 rebotes e deu 6 tocos. Anfernee Simons, 15 pontos 3 assistências e 2 tocos, e Carmelo Anthony, 14 pontos 9 rebotes 2 roubos de bola e 1 toco, foram importantes para a vitória.

Pelo Warriors, o destaque foi Alec Burks. O ala-armador terminou com 33 pontos 8 assistências 7 rebotes e 2 tocos. Além dele, o armador D’Angelo Russell, com 27 pontos 9 assistências e 8 rebotes, e o calouro Eric Paschall, 22 pontos e 13 rebotes, também foram muito bem.

O Blazers subiu para a décima colocação da conferência Oeste, com 19 vitórias e 26 derrotas, e se aproximou do Grizzlies. O próximo confronto é nesta sexta-feira (24/01), às 00:30 hora, contra o Mavericks, em Portland. Já o Warriors, que tem 10 vitórias e 35 derrotas, enfrenta o Utah Jazz, nesta quinta-feira (23/01), às 00:00 hora, em San Francisco.

 

Confira os lances de Lillard na atuação histórica

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Portland Trail Blazers (@trailblazers) em

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »