Basquete

NBA: Pelicans quebra sequência invicta do Jazz em jogo emocionante

Brandon Ingram teve atuação espetacular e conduziu o time à vitória por 138 a 132 na prorrogação

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Instagram)

O Jazz foi a Nova Orleans enfrentar o Pelicans, para tentar ampliar a sequência invicta. O time vinha de 10 vitórias consecutivas e assumiu a segunda colocação do Oeste. Mas, os donos da casa, que também vivem um bom momento, surpreenderam e conseguiram a vitória por 138 a 132.

A partida foi emocionante e muito equilibrada. A equipe de Utah venceu o primeiro quarto por 3 pontos, mas foi para o intervalo com uma desvantagem de 7 pontos. Entretanto, no terceiro período o time conseguiu a virada e o jogo foi para a reta final com uma diferença de 4 pontos. Nos últimos 12 minutos, os dois se alternaram na liderança.

Com Brandon Ingram, pelo Pelicans, e Donovan Mitchell, pelo Jazz, em noite inspiradas, o jogo chegou nos 36 segundos finais com o Jazz 3 pontos na frente. Ingram converteu 2 lances livres, diminuindo a vantagem para 1, e Mitchell errou o arremesso a 9 segundos do fim.

Então, a equipe de Nova Orleans teve a bola na lateral. Lonzo Ball passou para Ingram, que infiltrou e, com 1 segundo no relógio, converteu o arremesso, que deixou o Pelicans 1 ponto na frente. Restando apenas 0.2 segundos para acabar, a vitória parecia certa para os donos da casa. Na saída de bola pela lateral, o Jazz tentou fazer uma ponte aérea com Gobert, mas não conseguiram fazer.

Entretanto, o juiz marcou uma falta polêmico de Jaxson Heyes em cima de Gobert. Com isso, o pivô francês teve dois lances livres, para poder vencer o jogo. Mas, ele errou o primeiro e acertou o segundo, levando o jogo para a prorrogação.

No tempo extra, o jogo continuou equilibrado. O Jazz chegou a abrir 5 pontos de vantagem a 2 minutos do fim. Mas, o Pelicans conseguiu a virada, com a cesta de E’Twaun Moore, e, após os erros de Tony Bradley, Donovan Mitchell e Bojan Bogdanovic, a equipe de Nova Orleans garantiu a vitória.

O cestinha do jogo foi Brandon Ingram. O ala fez, incríveis, 49 pontos, recorde pessoal, além de 8 rebotes e 6 assistências. O ala, inclusive, é um dos fortes candidatos a ganhar o prêmio de jogador que mais evoluiu na temporada. Na passada, pelo Lakers, ele teve médias de 18.3 pontos 5.1 rebotes e 3 assistências. Já na atual, pela nova equipe, as médias são de 25.8 pontos 6.8 rebotes e 4.3 assistências. O atleta é, inclusive, o décimo maior cestinha da liga.

Além de Ingram, Derrick Favors, ex-Jazz, se destacou pelo Pelicans. O pivô terminou com 21 pontos 11 rebotes 3 assistências 3 tocos e 2 roubos de bola. E’Twauns Moore foi importante para a vitória, com 16 pontos. Já Lonzo Ball não foi muito bem na pontuação, com apenas 5, mas distribuiu 13 assistências e deu 2 tocos.

Pela equipe de Utah o destaque foi Donovan Mitchell. O ala-armador fez 46 pontos 6 rebotes 2 assistências e 2 roubos de bola. Bojan Bogdanovic, 26 pontos e 4 assistências, Rudy Gobert, 17 pontos 14 rebotes 4 assistências e 3 tocos, e Jordan Clarckson, 15 pontos, também foram bem.

O Pelicans venceu a nona partida das últimas 12 disputadas. O time, que vai contar com o calouro Zion Williamson a partir da próxima quarta-feira (22/01), tem 16 vitórias e 26 derrotas na temporada. O próximo confronto é contra o Clippers, neste sábado (18/01), às 17:30 horas, em Nova Orleans. No mesmo dia, o Jazz, que caiu para a quarta colocação com a derrota, encara o Kings, em Utah, às 23 horas. O time tem 28 vitórias e 13 derrotas na temporada.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »