Patrulhando a Cidade

Após dois meses morto, Anderson do Carmo sai dos grupos do WhatsApp

De acordo com a assessoria de imprensa de Flordelis,  o número de Anderson foi desabilitado

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

O número do pastor Anderson do Carmo, morto no dia 16 de junho, em sua casa, em Pendotiba, Niterói, saiu dos grupos de WhatsApp na tarde desta segunda-feira. O celular do marido da deputada federal Flordelis, nunca foi encontrado pela especializada que investiga o caso.

Flordelis afirmou à polícia que entregaria o aparelho, mas, depois, ela afirmou que não sabia do paradeiro do celular. Os depoimentos de dois filhos da parlamentar contradizem a versão. Um deles, Wagner Andrade Pimenta, conhecido como Misael, no dia 24 de julho, em uma reunião na casa da família, a mãe escreveu em um caderno: “Nós quebramos o celular do Niel e jogamos na ponte Rio-Niterói”.

De acordo com a assessoria de imprensa de Flordelis,  o número de Anderson foi desabilitado. Ao ser desativado, o número é revendido pelas operadoras de telefonia.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »