Modal

Cresce o número de mulheres presas e foragidas no Rio

Número de mulheres presas no Rio aumentou em 52,16%

Por Camila Moraes

(Foto:Reprodução)

A criminalidade envolvendo a participação feminina no Rio cresceu nos últimos dez anos. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o número de mulheres presas no Rio aumentou em 52,16%, totalizando mil 794 detentas em dezembro de 2019, em comparação com as mil 179 no mesmo mês de 2009. Entre os crimes mais comuns pelos quais as mulheres são presas, estão o tráfico de drogas, roubo e furto qualificado. Em dezembro de 2019, 734 delas eram reincidentes no sistema prisional.

Outra estatística do Disque Denúncia, que divulga os principais criminosos foragidos do Estado no Portal dos Procurados, mostra que em 2009, não constavam mulheres no programa. Dez anos depois, em dezembro de 2019, 40 tinham perfis divulgados na plataforma, todas com recompensas pelas capturas. Uma das novas unidades penitenciarias direcionadas a mulheres foi reinaugurada recentemente pelo governador Wilson Witzel, com 704 vagas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »