Patrulhando a Cidade

Homem faz programa com casal gay para pagar pensão alimentícia, leva calote e acaba preso

Ele procurou a polícia para reclamar que não havia sido pago e foi preso por estar devendo R$ 12 mil de pensão

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Um homem, de 26 anos, foi preso nesta quinta-feira, após ir até a 14ª DP (Leblon), reclamar do calote dado por um casal gay, com quem ele tinha feito programa e, após um acordo recebeu R$ 2,500. Mas, os policiais identificaram que contra ele havia um mandado de prisão em aberto por falta de pagamento de pensão alimentícia. Ele deve R$ 12 mil ao filho de 6 anos.

O rapaz disse em entrevista ao O Dia, que é de São Paulo e veio para o Rio tentar ganhar dinheiro: “Sou casado, minha esposa sabe o que eu faço. Por conta da crise financeira passei a me prostituir. Pago minha faculdade, meu apartamento e tento ajudar o meu filho. Eu paguei parte da pensão para a mãe dele, mas a justiça ainda não deu a baixa no mandado”, contou.

Ainda segundo ele, com os programas, chega a faturar cerca de R$ 10 mil a R$ 15 mil por  mês.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »