Patrulhando a Cidade

PF mira conselheiros do TCE por desvio milionário na saúde do Rio

Empresário Mário Peixoto é um dos alvos da operação

Por Lucas Araújo

(Foto: Lucas Araújo / Super Rádio Tupi)

A operação Favorito, desdobramento da Lava-Jato, foi deflagrada, na manhã desta quinta-feira (14), para cumprir cinco mandados de prisão e 25 de busca e apreensão contra uma organização criminosa que praticou o crime de peculato, ao desviar quase 4 milhões de reais em recursos públicos da área de saúde.

Montante de dinheiro apreendido durante operação (Foto: Divulgação / PF)

A Polícia Federal prendeu, nesta manhã, o empresário Mário Peixoto. Ele estava em Angra dos Reis, na Costa Verde. Peixoto é dono de empresas que celebraram diversos contratos com as gestões públicas, inclusive do governo federal.

Os investigadores fizeram interceptações, com autorização da Justiça, e descobriram que pessoas ligadas a Peixoto trocaram informações sobre compras e aquisições dos hospitais de campanha para enfrentar a pandemia no Rio de Janeiro.

Os valores foram repassados a uma organização social, OS, pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio, para a administração de UPAS. O desvio dos recursos foi feito através de pagamentos superfaturados.

De acordo com as investigações, a organização social recebeu, desde 2012, um montante superior 763 milhões de reais do Fundo Estadual de Saúde do Rio de Janeiro para a gestão das unidades.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Junho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »