Conecte-se conosco

Patrulhando a Cidade

PM diz que vai investigar denúncias sobre abuso de autoridade de agentes durante operação no Complexo da Penha

Na ação, pedreiro de 37 anos foi morto vítma de bala perdida

Publicado

em

Foto/Reprodução redes sociais

Após denúncias de moradores sobre ação truculenta de policiais militares, durante a operação desta quarta-feira (22) que resultou na morte do pedreiro Samuel Menezes da Conceição, de 37 anos, no Complexo da Penha, a PM emitiu nota se posicionando.

Por meio de redes sociais, um comerciante acusou agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, de destruírem a casa e o bar dele, no interior da comunidade. A Polícia disse que está atenta aos relatos e imagens que circulam nas redes sociais a respeito de supostos excessos cometidos pelos militares durante a operação.

A corporação também informou que não compactua com desvios de conduta dos integrantes e, caso sejam comprovados, serão devidamente responsabilizados.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *