Conecte-se conosco

Capital Fluminense

PMs começam a usar câmeras no uniforme a partir da segunda quinzena de maio

Licitação para utilização do equipamento foi assinada há seis meses

Publicado

em

Foto Marcos Antonio de Jesus Super Rádio Tupi
(Foto: Marcos Antonio de Jesus - Super Rádio Tupi)
Foto Marcos Antonio de Jesus Super Rádio Tupi

(Foto: Marcos Antonio de Jesus – Super Rádio Tupi)

As câmeras corporais que vão compor os uniformes da polícia militar do Rio serão colocadas em operação, na segunda quinzena do mês de maio, seis meses após a licitação. Em nota, a PM disse que, de acordo com cronograma de instalação das Câmeras Operacionais Portáteis (COPs), o equipamento será distribuído para uso de efetivo lotado em unidades subordinadas ao 1º Comando de Policiamento de Área  – 1ºCPA (Capital) e 7ºCPA (Região Serrana), com previsão de início da operação na segunda quinzena de maio, após período de treinamento de operação de câmeras e utilização de software e gerenciamento de imagens para os respectivos usuários.

A corporação também informou que “a primeira experiência de uso de COPs pela SEPM no réveillon de 2022, em Copacabana, foi direcionada a um evento com grande mobilização de pessoas, visando o aperfeiçoamento da utilização dos equipamentos para que progressivamente ganhe escala em todo o território estadual”.

A previsão inicial era que os equipamentos fossem alugados por 30 meses, com o atraso, restaram apenas 24 meses. Quem ganhou a licitação foi a empresa curitibana L8 Group. As imagens ficarão armazenadas em uma nuvem e, quando necessário, o próprio agente ou o controlador, que ficará no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) poderá acionar um dispositivo que armazenará as imagens por até um ano. Os órgãos de controle, como Ministério Público e Defensoria Pública, receberão as imagens quando pedirem.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.