Patrulhando a Cidade

Polícia do Rio apreende 162 facas em diferentes pontos da cidade

Ação ocorre após morte de duas pessoas esfaqueadas por morador de rua

Foto: Divulgação

Nos últimos cinco dias, policiais militares e agentes civis da Operação Segurança Presente apreenderam 208 armas brancas, entre as quais 162 facas, com a população em diferentes pontos da cidade. Desde a última segunda-feira, 29/07, as equipes têm intensificado as abordagens e ações em locais usados como esconderijos para esse tipo de objeto, que pode servir para cometimento de crimes. A abordagem à população de rua foi determinada pelo governador Wilson Witzel, após a morte de duas pessoas esfaqueadas por um morador de rua no último domingo, 28/08.

Nesse dia, Plácido Correa de Moura, de 44 anos, armado com uma faca, matou o professor de educação física Marcelo Henrique Correia Reis, de 35 anos, quando este parou o carro em um sinal de trânsito no bairro da Lagoa, zona sul do Rio.

O crime ocorreu na Rua Abelardo Lobo por volta das 12h, em local de grande movimento de pedestres e carros e considerado um ponto nobre da cidade. Antes dele, Plácido já tinha atacado, no mesmo local, o engenheiro elétrico João Napoli, de 34 anos, que parou o carro no sinal de trânsito da rua, que fica nas imediações da entrada do Túnel Rebouças. Imagens de câmeras mostram que o morador de rua esperou o carro parar para atacar João Napoli.

A namorada de João, Caroline Moutinho, saiu do banco do carona e também foi ferida a faca por Plácido. João morreu na hora e Caroline ficou internada no Hospital Miguel Couto, e já recebeu alta médica. Ela foi atacada quando correu para ajudar o namorado.

Plácido foi baleado e preso por policiais militares. Na tentativa de prisão, mais três pessoas foram feridas.

João e Caroline namoravam há seis anos. Em sua conta no aplicativo Instagram ela publicou, há um mês: “Eu não preciso de um dia para comemorar a sorte do nosso encontro”. Eles iriam se casar dentro de três semanas.

Leia mais:

Turista é esfaqueado em Copacabana

Guarda Municipal encontra objetos cortantes próximo ao local onde morador de rua esfaqueou três pessoas

No final da noite de quinta-feira, 1º/08, um turista argentino, que não teve o nome revelado, caminhava na Rua Paula Freitas, perto do calçadão de Copacabana, com a namorada, quando foi abordado por um homem, que seria um vendedor ambulante. Como não quis comprar o produto que o ambulante vendia, foi atacado e acabou ferido. A namorada do turista nada sofreu. O agressor fugiu, em seguida. Nada foi levado da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o turista foi ferido no peito e no braço. A vítima foi levada para a unidade pronto atendimento (UPA) do bairro e depois transferida para o Miguel Couto, no Leblon. Ele foi atendido e liberado de madrugada. Os ferimentos não foram profundos.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia de Atendimento ao Turista. Diligências estão em andamento em busca de imagens e testemunhas.

Só na região do centro da cidade os agentes recolheram 45 facas, cinco estiletes e um canivete em diferentes locais como Praça XV, Largo da Carioca e Avenida Rio Branco. Em Copacabana, as equipes retiraram 34 facas das ruas. Em Ipanema foram 27 facas, cinco estiletes, seis tesouras, um serrote e oito barras de ferro. Na Lagoa, os agentes encontraram uma marreta, duas facas e uma barra de ferro. O Leblon Presente apreendeu seis facas, uma tesoura, uma chave de fenda e um estilete.

Na Lapa, as equipes encontraram 17 facas,  um estilete, uma tesoura e um serrote escondidos em bueiros, arbustos, lixeiras, ralos e outros locais. No Parque do Flamengo, o Aterro Presente recolheu 12 facas – três foram apreendidas durante abordagem. As três pessoas que portavam as facas foram encaminhadas à 9ª DP.

Na zona norte, policiais e agentes civis do Méier Presente encontraram 14 facas, dois estiletes e duas tesouras escondidas em bueiros e árvores. O material foi levado para a 26ª DP. O Tijuca Presente encontrou uma faca junto com os pertences de um morador de rua que dormia em um banco na Praça Saens Peña. Ele foi levado para a delegacia de polícia do bairro.

Em Niterói, na região metropolitana, os agentes encontraram em abordagens uma faca, um estilete e duas chaves de fenda.

As informações são da Agência Brasil.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »