Conecte-se conosco

Polícia Federal

PF combate fraudes previdenciárias no RJ

A operação tem como alvo uma quadrilha que pratica fraudes contra a previdência social

Publicado

em

(Foto: Divulgação / Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (17) a Operação Factício com o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão em residências de pessoas investigadas pela prática de fraudes contra o INSS, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A ação, que contou com a participação cerca de 20 policiais federais, é resultado de uma investigação iniciada em agosto, com a prisão em flagrante de uma mulher no momento em que sacava valores oriundos de uma aposentadoria por incapacidade obtida por meio de fraude, com o auxílio de uma quadrilha especializada.

Os quatro mandados, expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, foram cumpridos nos bairros do Recreio, Praça Seca e Taquara. A investigação foi realizada pela Polícia Federal com o apoio do NUINP/RJ (Núcleo Regional de Inteligência da Previdência Social no Estado do Rio de Janeiro), órgão pertencente à estrutura do Ministério da Previdência Social.

Nesse tipo de fraude, o beneficiário, mesmo sem ser portador de qualquer deficiência ou doença grave, passa a receber uma aposentadoria vitalícia por incapacidade permanente. Por essa razão o nome da operação policial, que faz referência ao “Transtorno Factício”, uma espécie de transtorno da personalidade cujo portador produz deliberadamente, ou simula, sintomas ou incapacidades físicas ou psicológicas.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *