Patrulhando a Cidade

Ex-ministro das Minas e Energia Silas Rondeau é alvo de operação contra fraudes na Eletronuclear

Polícia Federal procura por 12 pessoas que são suspeitas de envolvimento em esquema de propina na estatal

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)

O ex-ministro das Minas e Energias, Silas Rondeau, é um dos alvos da Operação Fiat Lux, realizada pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (25), que visa cumprir 12 mandados de prisão e outros 17 de busca e apreensão contra acusados de envolvimento em um esquema de propina na Eletronuclear, que é uma subsidiária da Eletrobras.

Além do Rio de Janeiro os agentes realizam buscas no Estado de São Paulo e no Distrito Federal. Na manhã desta quinta-feira (25), o policiais federais estão em endereços das cidades do Rio de Janeiro, Petrópolis e Niterói.

De acordo com a PF, o esquema investigado é mais uma etapa que visa atingir os responsáveis por contratos fraudulentos e pagamento de propina na Eletronuclear, que não foram abrangidos pelas operações Radioatividade, Irmandade, Prypiat e Descontaminação, desdobramentos da Lava Jato.

Ainda segundo a Polícia Federal, todas deflagradas para a execução de mandados em desfavor dos personagens envolvidos na organização criminosa que sitiou a Eletronuclear.

A investigação teve como base a colaboração premiada de dois lobistas ligados ao MDB, que foram presos em 2017, por ordem da 13a Vara Federal de Curitiba, no Paraná.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »