Brasil

Caso Marielle! Barqueiro afirma que viu homem descartando fuzis ao mar na Barra

A polícia acredita que um deles pode ter sido usado para matar a vereadora e Anderson

Por Redação Tupi

Um dono de um barco afirmou à polícia que foi contratado para fazer um passeio pelo mar da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, e que um homem jogou vários fuzis na água. A suspeita, segundo a Divisão de Homicídios, é de que parentes do homem apontado como assassino de Marielle Franco e Anderson Gomes jogaram a arma usada no crime na água.

As informações foram divulgadas com exclusividade pela TV Globo, pelos repórteres Leslie Leitão e Eduardo Tchao. Os jornalistas tiveram acesso ao depoimento do barqueiro e a imagens que mostram a busca da polícia pelo armamento no mar.

Em depoimento, o barqueiro disse que o homem o contratou ele na intenção de fazer um passeio pelas Ilhas Tijucas, mas que quando chegou ao local, o homem abriu uma mala e tirou seis fuzis e jogou as armas no mar.

O policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz estão presos apontados como os autores do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, em 14 de março.

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores da América?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »