Brasil

Celso de Mello se aposenta após mais de 30 anos de atuação no Supremo Tribunal Federal

Despedida acontece três semanas antes da data prevista, quando o decano completa 75 anos, idade em que a aposentadoria é obrigatória para o serviço público no país

Por Pedro Henrique Leite

Celso de Mello (Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF)

Celso de Mello encerra, nesta terça-feira (13), uma trajetória de quase 32 anos como ministro do Supremo Tribunal Federal. O magistrado deixa na Corte com um legado de defesa da vida, das liberdades individuais e dos direitos humanos.

Natural de Tatuí, no interior de São Paulo, Celso se graduou pela Faculdade de Direito da USP, em 1969, ingressou no Ministério Público no ano seguinte e chegou ao cargo máximo do Judiciário, indicado pelo então presidente José Sarney, em 1989. Foi o segundo magistrado a ocupar uma vaga no STF após a redemocratização do Brasil.

A despedida acontece três semanas antes da data prevista, que era 1º de novembro, quando o decano completará 75 anos, idade em que a aposentadoria é obrigatória para o serviço público no país.

O ministro justificou a antecipação por razões médicas e deve ser sucedido por Kassio Nunes Marques, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vaga na corte.

Marques será sabatinado no Senado em 21 de outubro, mas a entrega do relatório com a indicação dele para a Comissão de Constituição e Justiça está prevista para esta quarta-feira (14).

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »