Brasil

Damares Alves dá carona a sete parentes de Michelle Bolsonaro em avião da FAB, revela jornal

Na lista de passageiros, estavam a filha mais velha da primeira-dama, além de três irmãos, uma cunhada e dois sobrinhos

Por Redação Tupi

Damares sendo abraçada por Michelle Bolsonaro
(Foto: Reprodução)

A ministra Damares Alves, responsável pela pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, deu carona em agosto deste ano a sete parentes da primeira-dama Michelle Bolsonaro, em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), durante viagem oficial para São Paulo. A informação foi revelada nesta segunda-feira (25), por meio de uma reportagem do jornal “O Globo”.

De acordo com a matéria, o voo da FAB foi solicitado por Damares em razão de um evento do Pátria Voluntária, programa social coordenado por Michelle, que seria realizado em São Paulo. O avião decolou de Brasília em 21 de agosto, um sábado, e retornou no dia seguinte.

Segundo os registros do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, obtidos pelo “O Globo” por intermédio da Lei de Acesso à Informação, o voo de 21 de agosto saiu de Brasília com 16 pessoas. Na lista de passageiros, além de Damares e da própria Michelle, constavam a filha mais velha da primeira-dama, Letícia Marianna Firmo da Silva, e três irmãos dela: Suyane Lanuze Ferreira Lima, Geovanna Kathleen Ferreira Lima e Diego Torres Dourado. Também estavam no voo para São Paulo uma cunhada e dois sobrinhos da esposa de Jair Bolsonaro (Sem Partido).

Vale destacar que na noite do dia 21 de agosto, Damares e Michelle participaram na capital paulista da festa de aniversário do maquiador e influenciador digital Agustin Fernandez, amigo pessoal das duas. Nas redes sociais, há registros da presença de ambas no evento.

Após a divulgação da matéria do jornal “O Globo”, a assessoria do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos se manifestou por meio de uma nota oficial em que declarou não ter havido “qualquer irregularidade no transporte da comitiva”. “A referida missão oficial teve o propósito de cumprimento de agendas da ministra Damares Alves (Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) e do ministro Gilson Machado (Ministério do Turismo) entre outras autoridades, em São Paulo”, ressaltou o texto.

Confira a íntegra da nota oficial do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos:

A referida missão oficial teve o propósito de cumprimento de agendas da ministra Damares Alves (Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) e do ministro Gilson Machado (Ministério do Turismo) entre outras autoridades, em São Paulo. Entre as agendas, as autoridades visitaram o Instituto Olga Kors, que promove a inclusão de pessoas com deficiência intelectual no esporte.

Está expresso no art. 7º do Decreto nº 10.267/2020 que é atribuição da autoridade solicitante do transporte do Comando da Aeronáutica ‘os critérios de preenchimento das vagas remanescentes na aeronave, quando existirem vagas disponíveis além daquelas ocupadas pelas autoridades que compartilharem o voo e por suas comitivas’.

Todas as pessoas citadas na mensagem foram transportadas pela aeronave da FAB, nos trajetos de ida e volta, como voluntárias nas diversas vertentes do programa Pátria Voluntária. Portanto, este ministério considera que não houve qualquer irregularidade no transporte da comitiva.

O senhor Agustin Fernandez foi incluído no voo de volta à Brasília também na condição de voluntário da comitiva, considerando que participou da organização de casamentos comunitários do programa Pátria Voluntária realizados na capital federal.

Ficamos à disposição.

Atenciosamente,

Wilton Castro

Assessoria de Comunicação”



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »