Celebridades

70 anos da TV: Cid Moreira conta que tinha que sair escondido da Globo por causa de fãs

‘Quebraram meu carro’ contou apresentador que ficou 27 anos no Jornal Nacional

Por Ana Paula Portuguesa

(Foto: Reprodução)

O apresentador Cid Moreira, de 92 anos, é um dos grandes nomes da televisão brasileira, O apresentador esteve à frente do Jornal Nacional por 27 anos e se tornou um dos maiores símbolos na história da TV, que completa sete décadas nesta sexta-feira (18).

Cid marcou com o famoso “boa noite” ao encerrar cada edição do JN, e Cid contou numa entrevista para o site NaTelinha que no ápice da fama na Globo uma confusão de fãs acabou quebrando seu carro. “Às vezes eu tinha que sair escondido da emissora, em um portão diferente, para conseguir ir embora para casa sem o tumulto das fãs. Uma vez quebraram meu carro na confusão”, revelou Cid Moreira.

Ao relembrar a época à frente do noticiário, ele explica que era tudo muito artesanal na TV e que as notícias de última hora eram um “sufoco” na redação. “Como tudo ainda era meio experimental, às vezes, entrava uma imagem que não condizia com o texto. Era um sufoco as notícias de última hora para editar. As regiões eram interligadas por links e às vezes demorava muito para chegar as informações”, explica Cid Moreira, que ao lado de Hilton Gomes, foi o primeiro apresentador do JN em setembro de 1969.

Em 1996, Cid Moreira deixou o Jornal Nacional e foi substituído pelos jornalistas William Bonner e Lillian Witte Fibe. Na época, a Globo estava reformulando todos os seus informativos. Ao ser questionado sobre as diferenças da televisão de sua época com a atual, ele diz: “Não tem nem comparação se a gente falar em tecnologia. Era tudo muito artesanal. Mimeógrafo e papel para ler ao contrário do telepromter de hoje em dia. Sem falar nas dificuldades de acesso às informações. Hoje está tudo instantâneo, tudo acontece e é noticiado na hora”.

Vivendo na região serrana do Rio, Cid Moreira diz que gosta de acompanhar o Jornal Nacional e assistir séries e documentários: “Gosto de filmes sobre biografias. Sou apaixonado por filmes que contam histórias de superação”. Pra encerrar, Cid contou que a maior magia da TV na vida das pessoas é a possibilidade de levar o telespectador em lugares que nem imaginam existir. “Diferentes culturas e modo de vida. Aprender com outros povos”, encerra.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »