Celebridades

Companheira de Paulinho do Roupa Nova briga na Justiça por herança

Elaine Soares entrou com ação pedindo reconhecimento de união estável com cantor

Por Ana Paula Portuguesa

Paulinho e Elaine (Foto: Reprodução/Facebook)

A psicóloga e advogada Elaine Soares Bastos, de 52 anos, companheira de Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova que morreu há um mês depois de complicações provocadas pela Covid-19, entrou na Justiça contra os filhos do cantor, Twigg de Souza Santos e Pedro Paulo Castor dos Santos, pedindo o reconhecimento de união estável com Paulinho. Segundo informações divulgadas pela Quem, Elaine afirmou que os filhos do cantor não a incluíram no inventário sobre a questão da divisão de bens. A notícia foi dada em primeira mão pelo portal Grande Tijuca, do Rio.

“Soube que eles abriram o inventário logo depois da morte do pai, no dia 16 de dezembro, na 7ª Vara da Comarca da capital, e não me incluíram. Desde o início, queria fazer tudo de forma consensual, não queria, nem quero, briga nem confusão. Vivi durante 16 anos com o Paulinho uma vida marital. Nosso acervo de fotos de viagens já mostra. A vida do Paulinho era eu e ele era a minha vida. Ele era totalmente dependente emocionalmente de mim e eu também dele”, explicou Elaine.

Elaine contou ainda que era dependente do cantor e já deu entrada no INSS para ter direito à pensão. “O Paulinho me chamava de ‘namorada’. Sou dependente dele no IRPF desde 2006 e já dei entrada no INSS para ter direito à pensão. O que estou fazendo é uma regulamentação de união estável, mas os filhos dele estão dificultando porque querem que eu vá para a rua, virar mendiga”, afirmou.

Paulinho com os filhos Twigg e Pedro Paulo e a neta Bella (Foto: Reprodução/Instagram)

A filha Twigg disse que a alegação de Elaine não procede. “Meu irmão e eu abrimos o inventário do meu pai porque somos herdeiros legítimos. Ontem soube que ela deu uma entrevista para o portal ‘Grande Tijuca’ e disse que nós mal esperamos o velório do meu pai para já darmos entrada no inventário. Nós abrimos o inventário como qualquer filho faria, independente do que o pai faz. Não existe essa história de deixá-la de fora, de não lembrar dela. A partir do momento que ela tiver direito, ela vai estar no processo. Ela entrou na Justiça contra meu irmão e eu para solicitar o reconhecimento de união estável após a morte do meu pai. Eu nunca quis briga, só quero paz”, explicou a cantora, acrescentando que ela e o irmão tentaram conversar com Elaine diversas vezes após a morte de Paulinho e ela nunca quis.

Paulinho morreu no dia 14 de dezembro do ano passado, aos 68 anos, em decorrência de complicações da Covid-19, depois de mais de um mês de internação no hospital Copa D’Or, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Em agosto, ele foi diagnosticado com linfoma e o tratamento foi feito através de um transplante de medula e enquanto se recuperava acabou contraindo o novo coronavírus.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »