Celebridades

José de Abreu diz que vagina não transforma fascista em ser humano

Acusado de machista e misógino ao criticar Regina Duarte, ator afirma que 'fascista não tem sexo' e diz que não vai parar

Por Ana Paula Portuguesa

José de Abreu (Foto: Reprodução/Twitter)

O ator José de Abreu recebeu críticas de todos os lados, na semana passada, ao criticar a atriz Regina Duarte por aceitar o convite de Jair Bolsonaro para ocupar a Secretaria Especial da Cultura. Em uma postagem no Twitter, ele afirmou que iria “desmascarar” a atriz: “Lembra de quantos gays lhe tiraram rugas? Coloriram seus cabelos brancos? Criaram figurinos para esconder suas banhas?”. Depois das postagens, José de Abreu foi acusado de ser machista e misógino. Em áudios enviados à coluna da Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, ele afirma que recebeu o apoio de várias mulheres em seu perfil na rede social. Diz que não dá para respeitar quem apoia Bolsonaro nem considerar ser humano um fascista.

“Fascista não tem sexo”, afirma. “Vagina não transforma uma mulher em um ser humano.” “Eu não vou parar. Eu sou radical mesmo e estou num caminho sem volta”, diz o ator.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »