Celebridades

Tom Veiga, intérprete do Louro José, relatou agressão que diz ter sofrido da terceira mulher

Em áudio e fotos enviados para a ex-mulher e divulgados pelo Extra, ator conta que apanhou e teve que fugir de casa

Por Ana Paula Portuguesa

Foto: Reprodução/Facebook/Tom Veiga

A morte do ator Tom Veiga voltou a ser notícia esta semana quando o Jornal Extra divulgou detalhes do testamento feito pelo ator alguns meses antes de morrer em que dividia seus bens, sendo 50% para a ex Cybelle Hermínio, e 12,5% para cada um dos herdeiros naturais, os quatro filhos. Tom ficou casado com a Cybelle por sete meses. Eles começaram a namorar no início de 2019 e a empresária foi apresentada a todos no aniversário dele, em fevereiro. Em setembro do ano passado eles se separaram e Tom Veiga morreu no dia 1 de novembro de 2020, vítima de um aneurisma cerebral.

Tom Veiga e Alessandra Costa, segunda esposa do ator (Foto: Reprodução)

E nesta quarta-feira, o Jornal Extra divulgou áudios e prints de conversas do ator com a ex-mulher, Alessandra Veiga, onde ele mostra vários hematomas, arranhões e machucados. As imagens foram enviadas a ela pelo próprio ator, que, no dia 4 de outubro de 2020, decidiu se abrir com a segunda mulher, com quem viveu por 14 anos, e contar que a ex, Cybelle Hermínio da Costa, no caso a terceira esposa, o agrediu em setembro, culminando com a separação dos dois. Com as notícias que envolvem a partilha de bens entre os filhos e a última mulher do intérprete do Louro José, e especulações sobre uma briga entre o ex-casal, Alessandra decidiu quebrar uma promessa que fez a Tom, e tornar públicos os áudios dele narrando o que diz ter passado na noite do dia 7 de setembro e as fotos que ele tirou mostrando o resultado da surra que disse ter levado.

Tom Veiga e Cybelle Herminio Costa (Foto: Reprodução)

“No dia 4 de outubro, depois de a gente se falar por vários motivos e assuntos, o Tom me abordou meio diferente e falou que nunca tinha me falado o motivo da separação dele dessa moça. Aí, ele me mandou as fotos da agressão e a partir dali os áudios. Disse que tinha muita vergonha, que estava se sentindo um lixo, se sentindo mal, à base de calmantes, com muita vergonha. Ele me contou, está nos áudios, que foi agredido depois de uma briga boba”, revela Alessandra.

Nos áudios e pelo diálogo trocado pelo WhatsApp, Tom contou detalhes da confusão formada no feriado da Independência em sua casa, num condomínio do Recreio dos Bandeirantes, na Zona oeste do Rio. A discussão com Cybelle teria acontecido na hora do almoço, motivada por uma ordem que ele deu ao filho de Cybelle, que insistia, segundo Tom, em almoçar dentro da piscina, e ele não deixou. Diante da negativa do marido, Cybelle fez a vontade do filho mesmo assim, contou o ator.

Ele seguiu narrando o ocorrido, dizendo que os dois passaram o dia meio emburrados. Cybelle teria pedido para conversarem, mas Tom Veiga disse que queria um tempo para o “ranço passar”. Ele se lembrou de que a empregada, naquele dia ficou até mais tarde na casa, pois esperava por uma carona. “Nesse dia, ela ficou aqui até umas seis, sete horas da noite. Foi quando eu estava sentado na varanda, de frente para o notebook, respondendo email, resolvendo coisas, e abri uma garrafa de vinho”, relembrou ele no áudio mandado à ex-mulher.

Depois disso, Tom afirmou que ofereceu uma taça de vinho para Cybelle, que recusou, mas começou uma discussão. Diante da resistência dele em ter uma DR, ele contou que a empresária pegou a taça cheia em que ele bebia e arremessou contra a parede. Dali em diante, Cybelle, disse Tom, o derrubou da cadeira e deu uma surra nele, batendo sua cabeça no chão por várias vezes, o xingando e querendo que ele tivesse uma reação. “Apanhei mesmo, tenho até vergonha de contar. Fui brutalmente agredido”, escreveu ele para Alessandra.

“Tom não tinha uma índole agressiva, ele nunca esperava por isso (suspira). Eu tive que ver tudo aquilo, ouvir tudo, tendo que ser parcial, porque eu não queria ficar dando minha opinião, não queria que ele se sentisse pior do que já estava. Ele disse que estava à base de calmantes e que com muita vergonha. Eu fiquei chocada. De conhecer o Tom, do jeito que eu conhecia, e saber que ele estava passando por uma dessas”, defende Alessandra em entrevista ao Jornal Extra.

Nos prints que Alessandra compartilhou com o Extra, Tom confessou que teve que sair correndo de casa, descalço, sem dinheiro ou celular. “Saí da minha casa fugido, sem carteira, sem celular, descalço, sem um real no bolso. Pelo amor de Deus não conta isso para ninguém”, pediu o ator.

Cybelle Hermínio ainda não se manifestou sobre o assunto.

Veja fotos e prints divulgados pelo Jornal Extra:

Foto: Reprodução/Jornal Extra

 

Reprodução/Jornal Extra
Comentários
enquete

Rodolffo Matthaus mereceu ser eliminado do BBB21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »