Rio

Anta Jasmin será solta em reserva florestal no Rio

Soltura do animal só foi possível a partir da parceria entre os projetos Guapiaçu e a Refauna. Ao todo, já foram devolvidos ao seu habitat natural 11 antas desde 2017

Por Luiz Walcyr

Anta Jasmin (Foto: Divulgação)

A anta Jasmin, animal nascido em cativeiro, será libertada, nesta quinta-feira (29), dentro da Reserva Ecológica de Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu, na Região Metropolitana do Rio.

A medida tem como objetivo reintroduzir o mamífero na natureza já que a espécie chegou a ser considerada localmente extinta. A soltura do animal só foi possível a partir da parceria entre os projetos Guapiaçu e a Refauna, com patrocínio da Petrobras e do Governo Federal.

“A reintrodução das antas em Guapiaçu estabelece a primeira população da espécie após mais de 100 anos de extinção no estado”, afirma Maron Galliez, coordenador do programa de reintrodução e professor do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).

A espécie de anta da qual Jasmim faz parte foi extinta há mais de 100 anos no Estado do Rio de Janeiro devido à caça predatória e sua reintrodução na Reserva Ecológica de Guapiaçu teve início em 2017, com a chegada de três animais.

Ao todo, já foram devolvidos ao seu habitat natural 11 antas e há registros de que um filhote nasceu livre na região. Apesar de quatro animais terem morrido, os remanescentes estão adaptados e contam com o apoio, inclusive, dos moradores do entorno da reserva.

Jasmim nasceu no Zoológico de Guarulhos no primeiro semestre de 2019 e, no último dia 31 de julho, foi transferida para uma área de aclimatação na reserva ecológica. A meta é transportar mais antas em breve para a floresta.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »