Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Após guerra no Morro dos Macacos, criminosos prometem paz na região

Polícia Civil tenta identificar bandidos envolvidos nos confrontos

Publicado

em

Viatura da PM circulando nos acessos ao Morro dos Macacos
(Viatura da PM circulando nos acessos ao Morro dos Macacos/Foto: Tatiana Campbell - Super Rádio Tupi)

Enquanto a polícia tenta identificar os criminosos que participam da guerra que já dura uma semana, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel e, que deixou milhares de alunos sem aulas nas escolas públicas da região, traficantes recém-chegados tentam conquistar a confiança dos moradores, prometendo ordem e o fim de assaltos na comunidade e também em locais próximos.

Por meio de avisos publicados em redes sociais, os traficantes dizem que não farão mal aos moradores e esclarecem que os alvos da guerra são outros. Eles sugerem ainda, que quem vive no local deve apoiar as ações da maior facção do estado.

Lembrando, que na última semana, o catador de latinhas, Eduardo Guimarães, de 28 anos, morreu vítima de bala perdida durante confronto entre criminosos rivais, que travam uma disputa pelo território. Também desde a semana passada, as nove escolas da rede municipal localizadas na região do Morro dos Macacos estão fechadas, prestando apenas atendimento remoto, por conta da instabilidade na área. Nesta quarta-feira (18), o policiamento amanheceu reforçado no entorno da comunidade.

Aviso do tráfico/reprodução redes sociais

Aviso do tráfico/reprodução redes sociais

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.