Conecte-se conosco

Região Metropolitana

Áudio confirma que homem matou Luiz Henrique em parada LGBTQIA+ em Niterói

Assassino contou para amigo que iria "furar" vítima, que tinha esbarrado e derrubado bebida nele

Publicado

em

Jovem morto a facadas em Parada LGBTQIA+ será enterrado nesta terça em Niterói
(Foto: Reprodução)

Um áudio enviado por Matheus de Souza Cardoso a um amigo revelou que ele cometeu o assassinato de Luiz Henrique de Lima durante a parada LGBTQI+ em Niterói. Justiça considerou a morte “ocasionada por motivo fútil” no pedido de prisão expedido contra Matheus.

“Jogou bebida na minha cara, mano. Eu falei: ‘eu vou acabar com você, eu vou acabar com você, mano’. (…) Eu falei que ia furar ela”, diz Luiz Henrique em áudio enviado a amigo e ao qual a polícia teve acesso.

A vítima teve 11 ferimentos causados por golpes de faca por todo o corpo, sendo cinco no braço esquerdo, três no tórax, dois no braço direito e uma facada na testa. A causa da morte segundo o laudo da perícia foi traumatismo cranioencefálico por mecanismo perfurocortante. O assassino usou um canivete para cometer o crime.

O assassino ainda não se entregou à polícia e entrou na lista de foragidos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.