Baixada Fluminense

PM é preso por envolvimento com milícia da Baixada Fluminense

Daniel Monsores, lotado no batalhão de Mesquita foi preso utilizando a farda da Polícia Militar

Por Lucas Araújo

operação contra milícia de Mesquita
Operação contra milícia de Mesquita (Foto: Lucas Araújo / Super Rádio Tupi)

Pelo menos 10 pessoas já foram presas, nesta terça-feira (1º), na operação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público contra um grupo de milicianos que atuava em Mesquita, na Baixada Fluminense.

A quadrilha era liderada por Márcio Lima da Cunha, mais conhecido como ‘Zebu’, um policial militar que atuava, principalmente, no controle de três cooperativas de transporte alternativo na cidade. O policial já estava cumprindo pena no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

As investigações revelam que a milícia agia de forma violenta, extorquindo moradores e invadindo propriedades privadas. Entre os envolvidos, estão dois policiais militares, que tiveram os mandados de prisão expedidos pela justiça. Um deles foi identificado como Daniel Monsores, lotado no batalhão de Mesquita (20° BPM). Ele foi preso utilizando a farda da Polícia Militar.

O grupo comandava atividades ilícitas nos bairros de Jacutinga, Vila Emil e Santo Elias, mas já expandia suas práticas para outras regiões.

As diligências foram realizadas pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (DRACO), pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do MP (GAECO), e pela Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI).



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »