Destaques

Governo do Estado define prazos para compra de câmeras portáteis de agentes de segurança

Equipamento vai proteger os servidores de falsas acusações de abuso de autoridade, além de complementar o trabalho investigativo no combate ao crime

Por Redação Tupi

Na imagem, Policia Militar
Governo do Estado define prazos para compra de câmeras de segurança portáteis de agentes de segurança (Divulgação: PMERJ)

Um cronograma foi definido pelo governo do Rio para a contratação de serviços de câmeras operacionais de segurança, que deverão ser instaladas em instituições de segurança pública do estado, como as policiais civil e militar. Ao todo, 22 mil câmeras portáteis serão distribuídas para fiscalizar a ação dos agentes de segurança do Rio e o andamento de operações policiais em comunidades do estado.

De acordo com o governo, o equipamento vai proteger os servidores de falsas acusações de abuso de autoridade, além de complementar o trabalho investigativo no combate ao crime.

Uma audiência pública foi marcada para o dia 4 de agosto, com a participação de empresas interessadas. A convocação para a reunião foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (21).

Após os prazos legais, vai ser publicado o edital previsto para o dia 26 de agosto.

A contratação de serviços de câmeras operacionais de segurança, que deverão ser instaladas em instituições de segurança pública do estado, como as policiais civil e militar foi estabelecida por um decreto do governador Cláudio Castro (PL). Segundo o governo, o equipamento vai ser uma solução completa de videomonitoramento por câmeras portáteis, englobando câmeras, acessórios de fixação, equipamentos de carregamento elétrico e descarregamento de vídeos e links de dados para transmissão das imagens. “Também estão incluídos computadores e monitores para o monitoramento remoto dos agentes, rede de dados para acompanhamento das imagens em tempo real e software de gestão das imagens, tudo com suporte, treinamento e garantia”, disse a nota.

Nessa primeira fase de funcionamento, as secretarias que serão contempladas são a Polícia Militar, Polícia Civil, Governo (Segurança Presente e Lei Seca), Casa Civil (Barreira Fiscal) e Fazenda (fiscais), Detran, Inea e Detro. Já na segunda, o Procon, Instituto de Pesos e Medidas e Departamento de Recursos Minerais.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Pedro Augusto
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
10:00 - De Frente Com Elas
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »