Conecte-se conosco

Baixada Fluminense

Homem acusado pelo desaparecimento de menina de 4 anos em Nova Iguaçu é levado para delegacia; suspeito é primo da criança

Kemilly Hadassa Silva foi vista pela última vez no último sábado (9), quando estava dormindo em casa com os irmãos

Publicado

em

Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos, foi vista pela última vez no último sábado (9), quando estava dormindo em casa com os irmãos (Foto: Reprodução)
Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos, foi morta pelo próprio primo, na Baixada Fluminense (Foto: Reprodução)

Um homem acusado pelo desaparecimento de Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos, foi detido pela Polícia Militar, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, neste domingo (10). O suspeito foi identificado pela família da vítima como Reinaldo Roque, primo da criança.

Segundo a corporação, agentes do 20ºBPM (Mesquita) foram acionados para a Rua Pernambuco, no bairro Campo Alegre, onde o suspeito teria confessado o homicídio da menina.   Chegando no local, Reinaldo estava sendo agredido por populares, após supostos vestígios de sangue terem sido encontrados em sua casa.

O acusado foi detido e levado para a 56ª DP (Comendador Soares). Há uma investigação em andamento sobre o caso no setor de Descobertas de Paradeiros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos, está desaparecida desde a madrugada de sábado, em Nova Iguaçu
Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos (Foto: Reprodução)

De acordo com a família, a menina foi vista pela última vez na madrugada de sábado (9), quando estava dormindo em casa com os irmãos, no bairro Cabuçu, em Nova Iguaçu. A mãe, Suelen Silva Roque, de 29 anos, havia saído durante a noite e uma tia que mora ao lado ficou responsável pelas crianças.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o suspeito e as testemunhas serão ouvidos na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. Desde sábado (9), agentes realizam buscas para localizar a menina e esclarecer todos os fatos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *