Rio

Homem que apanhou de lutadora no Rio é condenado

Max Gadêlha Barbosa cumprirá uma pena de dois anos e oito meses em regime fechado

Por Redação Tupi

O homem, Max Gadêlha Barbosa, que levou uma surra da lutadora de UFC Polyana Viana ao tentar assaltá-la foi condenado pela Justiça. O juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, que determinou a decisão. Segundo o órgão, o início do cumprimento da pena de dois anos e oito meses será em regime fechado. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio nesta segunda-feira.

“Obviamente, o crime não se consumou por circunstância alheia à vontade do réu, diante da rápida e eficiente reação da vítima. Logo, o caso é de roubo simples tentado. Isso posto, julgo procedente a pretensão punitiva estatal para condenar o réu Max Gadêlha Barbosa”, escreveu o magistrado em sua sentença.

Max foi surpreendido com a reação da lutadora de 1,70m, no momento em que tentou roubá-la. Ela deu socos e chutes, além de imobilizá-lo com um golpe conhecido como “mata-leão”. Polyana é conhecida pelo apelido de “Dama de Ferro“. A arma usada pelo acusado, na ocasião, era feita de papelão. O crime aconteceu em frente ao condomínio onde mora a atleta, no período da noite.

  • Mais sobre:
  • UFC
Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
04:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »