Conecte-se conosco

Rio

Justiça do Rio nega novo pedido de habeas corpus para Jairinho, no Caso Henry Borel

Anulação foi feita pela 7ª Câmara Municipal do Tribunal de Justiça da capital fluminense

Publicado

em

Imagem do vereador Jairinho
Justiça do Rio nega novo pedido de habeas corpus para Jairinho, pai do pequeno Henry

A Justiça do Rio negou nesta segunda-feira (16), mais uma vez um pedido de habeas corpus para o ex-vereador Jairo de Souza Santos, o Jairinho. A anulação foi feita pela 7ª Câmara Municipal do Tribunal de Justiça da capital fluminense.

Jairinho e a professora Monique Medeiros, mãe de Henry, que morreu em março de 2021, foram acusados de homicídio, tortura e coação em todo o curso do processo. No pedido de HC, os advogados de Jairinho sustentaram de que o ex-vereador está sofrendo constrangimento ilegal.

De acordo com a defesa, a materialidade que sustenta a prisão preventiva seria contraditória, sem levar em conta o comportamento efetivo de Jairo, que “sempre esteve interessado no normal desenvolvimento do processo-crime e nunca demonstrou nenhuma propensão negativa de busca de conturbação da instrução ou da aplicação da lei penal”.

O julgamento do Habeas Corpus do ex-vereador está marcado para acontecer no dia 9 de março.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *