Conecte-se conosco

Rio

Marcelo Freixo vai a Campo Grande e anuncia medidas para gerar emprego na Zona Oeste

Candidato ao governo do Rio caminhou pelo calçadão do bairro, na Zona Oeste da cidade

Publicado

em

(Divulgação)

Em mais um dia de campanha, o candidato a governador Marcelo Freixo (PSB) realizou uma grande caminhada no calçadão de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (25), junto com o candidato ao senado Alessandro Molon (PSB). Ele discursou durante o ato e conversou com comerciantes e frequentadores do local.

“A gente precisa resolver o maior problema de quem não pode pagar um plano de saúde: a fila do Sisreg. Tem gente esperando consulta e exame há um tempão e, como governador, esse é o meu maior compromisso: contratar 3 mil médicos no primeiro ano de governo e fazer a fila andar”, afirmou Freixo.

O candidato também falou sobre transporte público. “Nós vamos botar ordem nos trens. É inaceitável que um morador de Campo Grande leve 2 horas para ir e 2 para voltar do trabalho. Junto com Lula, nós vamos reformar as estações e reduzir o tempo de espera para quem usa a SuperVia”, explicou

Antes da caminhada, Freixo se encontrou com empreendedores da região na Associação Empresarial de Campo Grande. Ele foi recebido pelo presidente da entidade, Guilherme Eisenlohr. O candidato falou sobre propostas para fortalecer os pequenos negócios.

“Nós vamos criar a Agência de Desenvolvimento da Zona Oeste, assim como faremos na Baixada. E teremos aqui em Campo Grande uma Casa do Empreendedor. Nosso objetivo é garantir qualificação profissional, assessoria jurídica e administrativa e crédito barato para quem tem ou quer abrir um pequeno negócio”, anunciou.

Além do candidato ao senado Alessandro Molon (PSB), Freixo também estava acompanhado pelos candidatos a deputado federal William Siri (PSOL), Jandira Feghali (PCdoB), Lindberg Farias (PT) e pela candidata a deputada federal Tatiana Roque (PSB), e pelos candidatos a deputado estadual Jefferson Vinco (PSOL), Tiago Prata (PSB) e Doutor Marcos Paulo (PSOL).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *