Modal

Músico preso injustamente em Niterói deixa presídio

Luiz Carlos Justino, de 23 anos, foi preso nesta quarta-feira (2), acusado de fazer parte de um assalto à mão armada ocorrido em 2017

Por Redação Tupi

 

(Divulgação: TV GLobo)

O músico Luiz Carlos Justino, de 23 anos, que foi preso por engano na última quarta-feira (2), durante uma blitz no Centro de Niterói, foi solto neste domingo (6), após decisão da Justiça. A soltura foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária. O músico estava acautelado no Complexo Penitenciário de Guaxindiba, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

Luiz foi acusado de participar de um assalto à mão armada que aconteceu em 2017, mas parentes e amigos dele disseram que o músico se apresentava em uma padaria no momento do crime.

Luiz disse que sentiu muito medo de morrer e que não dormia desde quarta-feira (2). Ele contou ainda que estava com três amigos, quando recebeu a abordagem pelos policiais em uma blitz após se apresentar como parte da Orquestra de Cordas da Grota de Niterói, nas barcas.

O músico falou que, no momento da blitz, não carregava os documentos porque eles foram perdidos no carnaval. “Foi nervosismo total porque eu não sabia de nada, entendeu? Eu tava tipo no escuro porque passou tanto tempo, eu fiz tanta coisa, tanto trabalho que, do nada, ser parado e preso é bem difícil”, contou ele, durante entrevista à TV Globo.

 

Comentários

enquete

Quem vai levar a melhor no Cariocão?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »