Coronavírus

Pandemia do Coronavírus pode gerar queda de 80% na renda dos taxistas do município do Rio de Janeiro

Confira entrevista exclusiva com Cadu, Representante das Associações e Cooperativas dos Taxistas do Município do Rio de Janeiro

Por Thiago Veras

Foto: Estefan Radovicz

A pandemia de Coronavírus tem causado sérias alterações na economia mundial. Uma categoria em específico tem sido castigada: Os taxistas. Só na cidade do Rio de Janeiro são cerca de 33 mil. Com a diminuição de pessoas nas ruas por recomendação do Ministério da Saúde para diminuir as chances de contágio do COVID-19, o fluxo de viagens cai drasticamente.

A reportagem da Super Rádio Tupi conversou com Carlos Eduardo, conhecido como Cadu, representante das Associações e Cooperativas de Táxi do Município do Rio de Janeiro e presidente da Nilo Peçanha Táxi, que lamentou a situação no mundo e não escondeu o momento delicado atravessado pela categoria.

“Está sendo muito triste para os taxistas. Além de estar vendo o que acontece no Mundo e no Rio de Janeiro a renda caiu bastante, o taxista está sagrando. Agora a situação está caótica. Caiu cerca de 80% e o taxista tem que trabalhar muito mais horas para poder levar pelo menos o alimento para sua casa. Ela (prefeitura) já prorrogou o prazo das vistorias, poderia também tentar retirar algumas taxas dessas vistorias aí, e as concessionárias de luz, gás, telefone e TV a cabo podiam prorrogar o pagamento das contas” respondeu Cadu, que falou da preocupação dos profissionais com a higiene pessoal e a saúde dos passageiros.

“As cooperativas, associações e os próprios taxistas que a gente chama do “rolé”, que não são vinculados a elas, estão sendo orientados pelas lideranças do táxi a conversar com o cliente para andar com o vidro do carro aberto. Eles andam com o álcool gel 70º, apesar de toda dificuldade fazendo a limpeza dos bancos, das maçanetas e cada vez que dá o troco ao cliente, limpa a mão com álcool gel. Toda vez que parar para almoço e banheiro que faça a limpeza das mãos para que não transmita a ninguém e não sofra com esse mal”

Ouça a entrevista completa na íntegra

Alguns taxistas foram ouvidos pela reportagem e sugeriram a isenção em 2020 das taxas Estaduais e Municipais. Anualmente, os profissionais pagam as taxas do Instituto de Pesos e medidas (IPEM) e da Secretaria Municipal de Transporte (SMTR). Outra sugestão foi ter prioridade na compra do álcool gel  e a preço de custo.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »