Jornalismo

Pedreiro morre baleado no Complexo do Lins de Vasconcelos

Família acusa PM de atirar

Por Diana Rogers

Foto: Reprodução Internet

Um pedreiro morreu baleado nesta sexta-feira (18), no Complexo do Lins de Vasconcelos, na Zona Norte. Francisco Paulo de Carvalho, 57, teria parado numa lanchonete da Rua Zizi, no Morro do Gambá, para comprar lanche para a família. Segundo o irmão da vítima, Francisco Alves, na ocasião não havia troca de tiros e o disparo teria partido de um PM.

“Ele foi comprar um refrigerante para jantar com a família. Aí desceram dois policiais na Rua Zizi, de cima do Morro pra baixo e atiraram no meu irmão. Depois do ocorrido com meu irmão é que teve troca de tiros lá pra cima. Atiraram no meu irmão covardemente. Um cara trabalhador, sempre trabalhou de carteira assinada”.

Francisco foi socorrido ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, pelo filho porque a PM teria negado socorro, afirma:

“Os policiais atiraram no meu irmão pelas costas. Tiro de 762. Aí meu sobrinho perguntou: ‘vocês atiraram no meu pai e não vão socorrer?’, completou Francisco Alves.

Francisco Paulo deixa seis filhos.

Polícia Militar diz que sofreu ataque:

A Polícia Militar afirmou que equipes da UPP/Lins, quando em deslocamento pela rua Zizi, foram atacadas por disparos de arma de fogo feitos por marginais da Comunidade do “Gambá”. Ainda segundo a PM, um policial foi atingido nas nádegas e outro homem ficou ferido.  Ambos foram socorridos ao Hospital Marcílio Dias. Outro homem, ainda segundo a polícia, foi socorrido ao Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »