Rio

Perícia sobre projétil que matou o menino João Pedro é inconclusivo

Menino morreu durante uma operação conjunta das polícias Civil e Federal

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

A bala que atingiu o menino João Pedro Mattos Pinto, de 14 anos, foi periciada e o resultado deu “inconclusivo” na comparação com as armas apreendidas com três policiais civis. Neste momento, não é possível dizer de qual arma saiu o disparo.

Uma cópia do documento foi encaminhada ao Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública e ao Ministério Público Estadual. O laudo foi anexado ao inquérito, assim como os de necropsia e da perícia de local, além dos depoimentos dos policiais, pilotos, bombeiro socorrista e de duas testemunhas.

O adolescente morreu durante uma operação das polícias Civil e Federal, na Praia da Luz, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Além de ser baleado dentro de casa, João Pedro foi atingido pelas costas pelo projétil. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí estão encarregados das investigações. Antes, os agentes já tinham informado que o tiro fatal havia partido de um fuzil calibre 5,56.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »