Capital Fluminense

Polícia encontra picanha e celular dentro de cela e transfere Faraó dos Bitcoins para prisão de segurança máxima

Segundo a Seap, direção da cadeia onde ele está será exonerada

Por Redação Tupi

Carnes e celulares encontrados na cela de Glaidson
Carnes e celulares encontrados na cela de Glaidson (Foto: Divulgação/Seap)

A Polícia Civil segue investigando como quatro celulares e peças de picanha e linguiça foram parar na cela do empresário Glaidson Acácio dos Santos, dono da Gas Consultoria Bitcoin, considerado o faraó das criptomoedas. Ele está preso na cadeia Joaquim Ferreira de Souza, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

O material foi encontrado na mesma ala de Tunay Pereira Lima, preso também em esquema de bitcoins. Depois da apreensão, a transferência deles foi autorizada para o presídio de segurança máxima Bangu 1.

Os policiais receberam denúncias e foram até o local para constatar a veracidade dos fatos. A direção da unidade onde foram encontrados os materiais também será exonerada. Diretor, subdiretor e chefe de segurança.

A corregedoria da Polícia Civil está acompanhando o caso. Glaidson e Tunay estão envolvidos em esquema que movimentou R$ 38 bilhões, de acordo com as investigações da Polícia Federal.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »