Rio

Prática de soltar balões aumenta neste período do ano

Confira o que foi destaque do Sentinelas da Tupi desta segunda-feira

Por Redação Tupi

A época das festas juninas chega e, com ela, um perigo no ar: a tradição de soltar balões – prática considerada crime ambiental, previsto na lei federal 9.605/98. Incorre em crime, fabricar, vender ou transportar, com pena de um a três anos de detenção ou pagamento de multa. Além de colocar em risco a vida das pessoas e o meio ambiente, os balões também ameaçam a aviação. Como combater esta prática criminosa e evitar acidentes?

Os balões são feitos da combinação de estopa com materiais inflamáveis, parafina e querosene ou álcool, aquecidos em seu interior. Por isso, dependendo de onde caiam, podem causar danos irreparáveis como incêndios e explosões. A situação se agrava durante os meses de maio a outubro, período de estiagem de chuvas e ventos mais intensos, favorecendo a propagação do fogo. Bruno Almeida, gerente de Manutenção e Operação da Light, adverte que o crime de soltar balões  pode levar a interrupção do serviço de energia.

No último domingo, a Prefeitura de Magé interrompeu um Festival de Balões que acontecia na cidade. Matheus Arantes, subsecretário de Comunicação do município da Baixada Fluminense faz uma balanço da ação que contou com Policiais Militares, Agentes da Secretaria de Meio Ambiente e Polícia Ambiental do Estado.

Matheus Arantes pede que a população denuncie.

O Linha Verde, programa do Disque Denúncia do Rio de Janeiro exclusivo para recebimento de informações sobre crimes ambientais, recebeu, em 2019, 12  mil 258 denúncias sobre ilícitos cometidos contra o Meio Ambiente em todo o Estado, um aumento de cerca de 40% se comparado aos números obtidos pelo próprio Linha Verde em 2018. Zeca Borges, coordenador do Disque Denúncia do estado do Rio, fala da ajuda da população na fiscalização deste delito.

Zeca Borges diz que apesar das dificuldades do órgão se manter, os resultados têm sido satisfatórios.

Caso identifique algum incêndio florestal ligue para a Central do Corpo de Bombeiros: 193. As denúncias também podem ser feitas pelo Linha Verde, do Disque-Denúncia: 0300 253 1177.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »