Coronavírus

Prefeitura cancela Réveillon na Praia de Copacabana

Carnaval de 2021 pode sofrer reformulação para se enquadrar ao cenário de pandemia

Por Marcelo Silva

(Foto: Divulgação / Agência Brasil)

A prefeitura do Rio anunciou que a tradicional festa de virada de ano na praia de Copacabana está cancelada para este ano de 2020. Segundo a Riotur, o carnaval na Capital Fluminense também deve ser reformulado devido à pandemia do novo coronavírus.

Depois do prefeito de São Paulo, Bruno Covas anunciar o cancelamento do Réveillon da Av. Paulista, por causa da pandemia da Covid-19, a Prefeitura do Rio confirmou na manhã deste sábado (25), que decidiu suspender a maior festa de virada de ano do mundo, que reúne milhões de pessoas nas areais de Copacabana.

Também ficam suspensas todas as grandes concentrações para a celebração do Réveillon, que possam causar grandes aglomerações na cidade, como as festas de virada de ano realizadas no Aterro do Flamengo, na Zona Sul do Rio, na Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste e no Parque Madureira, na Zona Norte da Capital Fluminense.

Nos próximos dias, a Riotur apresentará ao Prefeito Marcelo Crivella diferentes formatos possíveis para o evento da virada, sem presença direta de público, em um modelo virtual, com o objetivo de atingir o público pela TV e pelas plataformas digitais, preservando prioritariamente a segurança das pessoas e considerando também uma atmosfera de reflexão e esperança diante de tantas perdas sofridas.

A Riotur, empresa municipal de turismo da Capital Fluminense, afirmou que dois fatores foram determinantes para essa decisão: a ausência de uma vacina eficaz contra o coronavírus e o respeito às vítimas da Covid-19.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil já são mais de 85 mil mortos pela doença. A Riotur considera que o modelo tradicional de eventos como o réveillon e o carnaval, não é viável neste cenário de pandemia, sem a existência de uma vacina.

Com relação ao Carnaval, o presidente em exercício da Riotur Fabrício Villa Flor de Carvalho tem participado constantemente de reuniões virtuais com o presidente da Liesa Jorge Castanheira para tratar sobre as questões que envolvem os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

No entanto, a Riotur ressalta que o carnaval é um feriado nacional e que a decisão sobre o cancelamento do evento envolve outras esferas, tratando-se de uma discussão muito mais ampla, que inclui principalmente resultados de estudos científicos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
09 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »