Conecte-se conosco

Rio

Prefeitura do Rio cria empresa pública para estruturar Concessões e PPPs

Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar) vai estruturar novas concessões e PPPs em todo o Município

Publicado

em

VLT CARIOCA
(Foto: Divulgação)

O prefeito Eduardo Paes sancionou na última sexta-feira (24) a criação da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar). A nova lei amplia atribuições da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) que deixa de ser apenas gestora do Porto Maravilha para se transformar na estruturadora de contratos de concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs) para toda a cidade.

Com a mudança a Prefeitura visa uma gestão e captação de recursos mais robusta no âmbito de concessões e PPPs na cidade do Rio. A empresa já era gestora do Porto Maravilha e fiscalizadora do contrato do VLT Carioca.

“Nós queremos ser o município com a maior carteira de projetos em parceria com a iniciativa privada do Brasil. O Rio de Janeiro tem potencial para isso e a ideia é justamente aproveitar um conhecimento adquirido ao longo de mais de 10 anos pela equipe da antiga Cdurp para novos projetos por toda a cidade. Vale lembrar que a Cdurp foi responsável por duas das maiores PPPs do país: Porto Maravilha e VLT”, disse Gustavo Guerrante, presidente da CCPar.

A CCPar também tem incorporado ao seu escopo a Rio Securitização, cia. criada para dar liquidez para os cofres públicos a partir da negociação de dívidas do contribuinte.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.