Rio

Prefeitura do Rio irá proibir queima de fogos e uso de equipamentos de som na orla durante réveillon

Decreto com todas as medidas restritivas será publicado no Diário Oficial do município na próxima segunda-feira (28)

Por Redação Tupi

Decreto com todas as medidas restritivas será publicado no Diário Oficial do município na próxima segunda-feira (28)
(Foto: Fernando Maia/Riotur)

O prefeito em exercício da capital fluminense, Jorge Felippe (DEM), decidiu aumentar as medidas restritivas durante o réveillon, com o intuito de evitar aglomerações de pessoas e o contágio pelo novo coronavírus. Agora, além de fechar os acessos a Copacabana, na Zona Sul, a Prefeitura do Rio também irá proibir a queima de fogos e o uso de equipamentos de som por toda a orla da cidade.

Ao longo dos últimos dias, Jorge Felippe já havia antecipado a proibição de estacionamento de veículos na orla e ruas do entorno; o bloqueio do acesso de transportes públicos, táxis e carros de aplicativo a Copacabana; além da não autorização de festas privadas tanto no calçadão, quanto na areia. A expectativa é que as medidas restritivas sejam publicadas no Diário Oficial do município na próxima segunda-feira (28).

Anteriormente, o prefeito afastado do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), tinha proibido os quiosques da orla da cidade a fazerem cercadinhos, shows ou qualquer evento com cobrança de ingressos. Estes estão autorizados a funcionar apenas nos mesmos moldes que operam desde a reabertura, em julho deste ano, “com quantidade reduzida de mesas, distanciamento de 1,5 m entre elas, e seguindo todos os protocolos de segurança e higiene”.

 

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »