Jornalismo

Produtora que denunciou abuso sexual de policial militar diz está com medo de retaliações

Caso também está sendo investigado pela delegacia de Copacabana.

Por Cyro Neves

(Foot: Reprodução)

A produtora cultural que acusa um policial militar de estupro dentro do apartamento dela, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, pretende ir, ainda nesta segunda-feira (31) até a corregedoria da coorporação para denunciar o caso.

A vítima, de 31 anos, foi encaminhada para atendimento psicológico pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio. O caso também está sendo investigado pela delegacia de Copacabana.

A advogada da produtora pretende pedir uma medida protetiva porque a cliente está com medo da exposição do caso.

Em nota, a Polícia Militar informou que um inquérito foi aberto para apurar a denúncia de estupro. O policial foi afastado das ruas e está realizando apenas atividades administrativas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »