Rio

Profissionais de saúde podem responder por peculato em caso de ‘vacina de vento’

Pena para o crime pode chegar a 12 anos de reclusão

Por Redação Tupi

(Foto: Agência Brasil)

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga possíveis desvios relacionados à vacinação contra a Covid-19. Já existem, inclusive, apurações relacionadas às denúncias de falsa dose de vacina em Niterói, na Região Metropolitana, em Petrópolis, na Região Serrana, e na capital fluminense.

Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Civil (SEPOL) informou que se as investigações confirmarem que houve desvio de dose, ou qualquer outra irregularidade, o profissional de saúde poderá ser autuado pelo crime de peculato, que tem penas que podem chegar até 12 anos de reclusão.

A aplicação da “vacina de vento” também gerou a abertura de apurações e sindicâncias nas Secretarias Municipais de Saúde do Rio, Petrópolis e Niterói. O objetivo é apurar se o crime cometido por funcionário público é desviar o imunizante para proveito próprio, alheio e até venda.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
03:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »