Conecte-se conosco

Rio

Projeto Vou de Canoa, de Niterói, lança documentário sobre expedição inédita de educação ambiental

Educação ambiental sendo levada a bordo de uma canoa polinésia.

Publicado

em

(Foto: Reprodução)

 A expedição inédita realizada no início deste ano com o patrocínio da Fundação Toyota do Brasil, e que encantou mais de 250 crianças em situação de vulnerabilidade de 9 municípios do litoral fluminense amplia seus horizontes e se torna tema do documentário 1ª Expedição Vou de Canoa.
 

O material traz momentos marcantes da trajetória percorrida por cerca de 100 remadores, que se revezaram ao longo de 416 km de Macaé até Paraty. O documentário 1ª Expedição Vou de Canoa promete emocionar os espectadores com depoimentos emocionantes de diversos atores sociais que participaram da iniciativa – inclusive, as crianças impactadas – além de uma participação especial do escritor e navegador Amyr Klink, que esteve presente na chegada da Expedição, em Paraty.
 

A expedição foi idealizada por Luiza Perin, responsável pelo Projeto Vou de Canoa. “Fico muito contente em ver a repercussão que isso gerou, a maior que tivemos em quatro anos de existência do projeto. Foi uma oportunidade incrível termos conseguido ampliar a nossa atuação para crianças de outros municípios do litoral do Rio de Janeiro, indo além de Niterói (RJ), cidade onde o projeto acontece. Fomos de canoa e expandimos nossa mensagem de transformação social e preservação dos mares”, comenta.

O Projeto Vou de Canoa é um programa educativo que tem a Fundação Toyota do Brasil como principal patrocinadora e utiliza a canoa polinésia como ferramenta para a transformação socioambiental. Atua por meio de três pilares: educação, esporte e cultura, e é voltado para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. Cerca de 3,7 mil alunos já foram impactados pelo projeto, que é ligado ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 13, com foco na ação contra a mudança global do clima.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *