Bienal do Livro

[VÍDEO] Funcionários da prefeitura buscam por ‘material impróprio’ na Bienal do Livro

Prefeito Marcelo Crivella determinou 'que os organizadores da Bienal recolhessem os livros com conteúdos impróprios para menores'

Por Redação Tupi

Nesta sexta-feira, dez funcionários da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) chegaram à Bienal do Livro, no Riocentro, para identificar e lacrar livros considerados “impróprios”. No entanto nenhuma obra foi apreendida. Segundo Wolney Dias, subsecretário operacional da SEOP, que comandava a operação, trata-se de “uma vistoria em busca de material pornográfico”.

Segundo Wolney, a prefeitura tem poder de polícia para isso  caso o material não estiver seguindo as recomendações, ele será recolhido. Ele ainda disse: “Estamos seguindo a orientação da procuradoria da prefeitura. Eu não entendo que haja censura. Se for material pornográfico, oferecido sem as normas, será recolhido”.

Os três pavilhões da Bienal foram vistoriados por três grupos da prefeitura, que de modo rápidos passou pelos estandes, olhando alguns livros por alto e concentrando-se nas caixas de saldos, onde são vendidas HQs como “Vingadores: A cruzada das crianças”.

Comentários
enquete

Feriado é um dia curtir com a família?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »