Sentinelas 15:55h

Apesar do colapso, unidades de saúde do Rio tem mais de 1.800 leitos disponíveis

Confira o que foi destaque no Sentinelas da Tupi desta quinta-feira

Por Redação Tupi

Um levantamento da prefeitura aponta que o sistema público de saúde no Rio está à beira de um colapso. Mais de 1.200 pacientes estão internados com suspeita de Covid-19. Cerca de 1.800 leitos estão disponíveis nos Hospitais Federais.

Mas por quais razões centenas de cariocas morrem sem direito a um leito para tratamento?

Números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio apontam que foram abertos 424 leitos exclusivos, desde o início da pandemia, para o tratamento da Covid-19, e deste total, 138 são de UTI. Em toda a rede do Sistema Único de Saúde (SUS), que inclui unidades municipais, estaduais e federais na cidade, são  1.216 pacientes internados com suspeita de covid, e 360 deles, também em UTIs.

Até ontem, eram 472 leitos impedidos na rede da prefeitura, 196 na estadual, 823 na federal e 349 em hospitais universitários.

Em entrevista à Super Rádio Tupi, através do programa Cidinha Livre, o ex-secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, médico da Fiocruz, fez uma denúncia ao vivo, nesta quinta- feira (30). Segundo Soranz, há 1.840 leitos disponíveis nos Hospitais Federais do Rio de Janeiro. Ainda conforme o médico, eles não atendem a população por falta de contratação de profissionais de saúde.

Soranz fala ainda sobre o Hospital Federal de Bonsucesso e o valor das obras dos Hospitais de Campanha.

A Secretaria estadual de Saúde informou que, nos últimos dois meses, 724 novos leitos foram abertos.

O secretário de ciência, tecnologia e inovação, do estado do Rio, Leonardo Rodrigues, informou que 104 novos profissionais foram contratados hoje para o Hospital Federal Pedro Ernesto.

A equipe de jornalismo entrou em contato com o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro e com o Conselho Regional de Medicina do Estado.

O Cremerj confirma que sim, há falta de médicos e demais profissionais de saúde nas unidades públicas de saúde, em todo o estado do Rio de Janeiro, mas que a falta de recursos humanos não é um problema recente. O Coren ainda não respondeu.

A Tupi também fez contato com o Ministério da Saúde, responsável pela coordenação dos Hospitais Federais. Mas a pasta ainda não se posicionou.

O Ministério Público também foi contatado.

Em nota, o MPRJ e a Defensoria informaram que ajuizaram ação para que o Estado e o Município do Rio desbloqueiem os leitos de UTI previstos no Plano de Contingência.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »