Sentinelas 15:55h

Cemitérios seguem protocolos sanitários diante do aumento de óbitos por coronavírus

Confira o que foi destaque do Sentinelas desta quarta-feira

Por Redação Tupi

O Comando da Primeira Região Militar, que abarca Rio de Janeiro e Espírito Santo, enviou um ofício, em caráter urgentíssimo, para prefeitos da região, questionando a possibilidade de realizar sepultamentos em massa diante da pandemia do novo coronavírus. De acordo com o Comando Leste, o documento em pauta, tem como objetivo  sanar informações distorcidas à população. A equipe de jornalismo da Super Rádio Tupi ouviu os envolvidos para dar as respostas à sociedade.

O documento enviado pelo Exército, assinado pelo coronel Luiz Mauro Rodrigues Moura, solicita que seja realizado um levantamento de dados estatísticos referentes à quantidade de cemitérios, disponibilidade de sepulturas e capacidade de sepultamentos diários em suas respectivas áreas de responsabilidade. Na última semana, o prefeito de Três Rios, cidade do Sul do estado do Rio, Josimar Salles, se pronunciou sobre o assunto.

Em entrevista à Super Rádio Tupi, Leonardo Martins, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Funerários do Estado do Rio, esclareceu que, pelo menos até o momento, a demanda de enterros não foi aumentada a ponto de haver falta de vagas para sepultamentos.

Leonado Martins também reforçou a necessidade de um trabalho estrutural em conjunto para alinhamento entre os polos do serviço para atenuar um eventual pico de óbitos.

Apesar de tranquilizar a população, Leonardo também explicou que há normas para velórios e enterros de pessoas que morreram com suspeita ou confirmação da Covid-19.

A Associação de Funerárias do Estado do Rio informou que, na capital fluminense, apenas em cemitérios públicos, há quinhentas vagas disponíveis para mortes por coronavírus. E que todos os dias são lançadas novas sepulturas, inclusive nos particulares. A equipe de jornalismo da Tupi fez contato com o Comando Conjunto Leste. Em nota, a instituição se disse atenta à evolução dos casos confirmados da doença sob a ótica da missão constitucional do Exército Brasileiro. A Tupi também fez contato com a Prefeitura do Rio. A cidade concentra mais de 50% das mortes por coronavírus no estado. Em nota, a prefeitura esclareceu que todos os 21 cemitérios têm recebido orientações que reforçam a importância da adoção de medidas preventivas, que se baseiam em normas, protocolos sanitários e legislações já existentes e que devem ser seguidas para evitar um colapso no setor.

 

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Junho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »