Conecte-se conosco

Sentinelas 15:55h

Violência contra mulher: registros de ameaça aumentam no Rio

Confira o que foi destaque no Sentinelas da Tupi Especial desta segunda-feira

Publicado

em

Violência contra mulher: registros de ameaça aumentam no Rio Sentinelas da Tupi Especial
Violência contra mulher: registros de ameaça aumentam no Rio (Foto: Erika Corrêa/ Super Rádio Tupi)

Um caso de violência contra mulheres é registrado no Rio de Janeiro a cada 24 horas. O levantamento é do “Elas Vivem: dados da violência contra as mulheres”, da Rede de Observatórios da Segurança, divulgado em março deste ano. O estudo foi realizado nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Quais as ações necessárias para diminuir estes casos de violência no país?

No Rio de Janeiro a pesquisa da Rede Observatórios da Segurança aponta um crescimento de 18% das agressões em 1 ano,  passando de 318 casos em 2020, para 375 no ano passado. O estado também registra uma tentativa de feminicídio a cada dois dias.

A psicanalista Cristiane Medina ressalta relação abusiva e perfil do agressor.

 

A doutora Cristiane Medina destaca três etapas da violência doméstica.

 

A Prefeitura de Duque de Caxias realizou nesta segunda-feira um Fórum contra o Feminicídio para debater as diversas formas de violência contra a mulher. Acolhimento da vítima, tipos de violência e punição dos agressores foram alguns dos temas abordados.

A delegada titular da Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), de Duque de Caxias, Fernanda Fernandes, fala sobre a importância do evento.

 

A delegada Fernanda Fernandes destaca algumas motivações alegadas para desencadear a violência.

 

A doutora Fernandes orienta como denunciar.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.