Jornalismo

Acusados de matar Marielle Franco chegam ao presídio de Benfica para audiência de custódia

Crime completa 1 ano nesta quinta-feira

O sargento da Polícia Militar reformado Ronnie Lessa, o ex-PM Elcio Queiroz e Alexandre Mota, dono da casa onde foram encontrados 117 fuzis e amigo de Ronnie Lessa, foram conduzidos no início da tarde da tarde desta quinta-feira (14), sob um forte esquema de segurança, para participar de uma audiência de custódia, na Cadeia de Benfica, na Zona Norte do Rio. Os três foram presos por suspeita de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes mas a audiência acontece em função da posse de armas de uso restrito por parte dos acusados.

Armamento foi encontrado na casa de amigo de Ronnie Lessa. Foto: Divulgação Polícia Civil

Eles saíram em cinco carros da Polícia Civil, da Delegacia de Homicídios (DH), na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade em direção a Cadeia Pública José Frederico Marques. Depois da audiência, Ronnie Lessa, acusado de atirar em Marielle e em Anderson e o ex-pm Elcio Queiroz, apontado como o motorista do carro usado no crime, devem retornar a DH para depor sobre o caso. Os dois foram detidos na terça-feira, durante a Operação Lume.

Hoje, o o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes completa um ano e está sendo marcado por atos em diversos pontos do Rio.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »