Conecte-se conosco

Brasil

Anvisa libera venda de autotestes de Covid-19 no Brasil

Medida vale apenas para os chamados testes de antígenos e não se aplica aos teste RT-PCR

Publicado

em

Autoteste de Covid-19
Autoteste de Covid-19 (Foto: Reprodução)
Autoteste de Covid-19

Autoteste de Covid-19 (Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária decidiu, na manhã desta sexta-feira (28), por liberar a venda de autotestes de Covid-19 no Brasil.

Apesar da liberação, a decisão não tem efeito imediato. Cada empresa que desejar comercializar o teste terá que pedir autorização junto à Anvisa, que vai analisar a solicitação.

A medida vale apenas para os testes antígenos, que são feitos a partir do swab que coleta o material no fundo da boca e do nariz e busca sinais de anticorpos gerados após a infecção.

Os testes RT-PCR, que é mais preciso, demorado e que detecta a presença do material genético do coronavírus, não estão incluídos na autorização.

Confira abaixo o resumo da decisão da Anvisa:

– Anvisa vai liberar a venda de autotestes e empresas precisam pedir registro antes da comercialização em farmácias ou estabelecimentos da área de saúde;
– Resultado positivo não será considerado como caso confirmado de Covid-19;
– Empresas podem – voluntariamente – criar sistemas com QRCode para registro dos resultados;
– Autoteste servirá como triagem: Ministério disse à Anvisa que vai orientar busca por atendimento médico para quem testou positivo;
– Resultado do autoteste não servirá para apresentação para viagens ou atestado médico.

Ficou decidido ainda que o Ministério da Saúde vai incluir orientações sobre o uso do autoteste no “Plano Nacional de Expansão de Testagem para Covid-19”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.