Esportes

Após Abel Braga passar pela 1ª fase de exames, médico do Flamengo diz que é precoce falar em volta ao trabalho

Médico descartou que Abel Braga seja hipertenso e revelou que o treinador já tinha tido o quadro de arritmia cardíaca anteriormente

Por Sérgio Guimarães

Foto: Divulgação

O médico João Marcelo, do Flamengo, que acompanhou o técnico Abel Braga no hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul do Rio, concedeu entrevista na madrugada desta quinta-feira e falou sobre o estado de saúde do treinador, que passou mal durante o Fla x Flu, no Maracanã.

Segundo o doutor, Abel já está sendo monitorado durante o jogo, devido um mal estar. E saiu do Maracanã em um quadro estável. O técnico irá dormir no hospital e passará por nova bateria de exames nesta quinta-feira.

“No final do jogo, ele sentiu um mal estar. A gente ficou monitorando e deixamos um ambulância de emergência. Foi monitorado e saiu do estádio estável. Trouxemos para o hospital de referência e está equilibrado. Fez alguns exames, se alimentou e nesta quinta-feira vão ser feitos outros exames”, disse.

Perguntado sobre a volta do técnico ao trabalho, o médico disse ser cedo para qualquer data.

“É muito precoce falar isso agora. Vamos aguardar os outros exames. Existe um protocolo para ser seguido”.

O médico do Flamengo descartou que Abel Braga seja hipertenso e revelou que o treinador já tinha tido o quadro de arritmia cardíaca anteriormente.

“É quadro que ele teve há quatro anos. Não é hipertenso. No campo, ele teve mal estar rápido e ficou pálido. Dentro do vestiário, a gente monitorou e viu algumas alterações cardíacas. A emoção do jogo e a agitação fez ele sentir o mal estar”, finalizou o doutor João Marcelo.

enquete

Você ainda assiste novela?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »