Conecte-se conosco

Mundo

‘Atirador de colégio no Texas sofria bullying por ser gago’, dizem ex-colegas e familiares

Massacre aconteceu numa escola primária localizada na cidade de Uvalde é foi considerado o pior incidente do tipo numa década

Publicado

em

ataque texas
Massacre aconteceu numa escola primária localizada na cidade de Uvalde é foi considerado o pior incidente do tipo numa década

Salvador Ramos, responsável pelo massacre numa escola no Texas que deixou 21 mortos nesta terça-feira (24), sofria bullying enquanto estava no ensino médio e tinha dificuldades para se relacionar com os demais colegas de turma, segundo afirmam os ex-colegas e familiares.

O massacre aconteceu numa escola primária localizada na cidade de Uvalde é foi considerado o pior incidente do tipo numa década.

Ao The New York Times, colegas de Ramos afirmaram que o jovem tinha poucos amigos e faltava muitas aulas.

Um dos colegas identificado como Jeremiah Munoz disse que se aproximou de Salvador Ramos porque ambos tinham o mesmo interesse por videogames, como Call Of Duty Fortnite. Munoz disse ao jornal norte-americano que se lembra de presenciar Ramoz ser alvo de diversas provocações de colegas, os quais faziam piada de suas roupas e ofendiam sua mãe e sua irmã.

Munoz revelou ainda que recebeu durante o fim de semana a imagem de dois rifles enviadas por Salvador Ramos.

A prima de Ramos, Mia, disse ao jornal The Washington Post que presenciou o atirador sendo alvo de piadas por causa da sua gagueira, enquanto os dois cursavam o ensino fundamental. “Ele não era muito uma pessoa social depois de sofrer bullying por causa da gagueira. Eu acho que ele simplesmente não se sentia mais confortável na escola”, contou Mia ao jornal americano.

Ao Washington Post, outro colega de Ramos, identificado como Santos Valdez, de 18 anos, disse que uma vez o achou com uma série de ferimentos no rosto. Ao questioná-lo, soube que o atirador fez ele mesmo os cortes na face, com uma faca.

Os colegas relataram ainda que Ramos e sua mãe brigavam muito. As brigas eram motivadas aconteciam quando a mãe do jovem reclamava quando ele ficava muito tempo no videogame.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.